Temas

Amor

Amizade

Saudade

Incentivo

Aniversário

Natal e Ano Novo

Religioso

Mãe/Pai

Diversos

Poemail

Poemas por e-mail

Autores

Livros

Anunciar

Busca por palavra

Busca detalhada

Sua opinião

Amor
Destroços de um amor
Sentada numa pedra em frente ao mar 
tragava nas pupilas suas ondas 
e nelas já se via refletido 
aquele vai e vem 
sem fim 
um som de marulhar no meu ouvido 

E elas 
as pupilas 
perguntavam para onde e como foi que aquele amor 
em quase peixe 
até se transformara 
ou se tornara 
aquele tubarão que dava medo 
porém em tudo parecia haver segredo 

E antes que surgisse um pensamento a mais 
a frase se compôs 
silenciosa 
como estivesse pronta há muito 
muito tempo 

Destroços não precisam ser achados 
estão em nossa alma 
ali 

guardados
© Eliana Mora
Serviço criado e mantido por Aline Ponce. Visite o site Aline Ponce - gatos e letras.