Temas

Amor

Amizade

Saudade

Incentivo

Aniversário

Natal e Ano Novo

Religioso

Mãe/Pai

Diversos

Poemail

Poemas por e-mail

Autores

Livros

Anunciar

Busca por palavra

Busca detalhada

Sua opinião

Diversos
O que me disse o Velho
Ser errante,
muribundo atento,
ao passar do navio
que te levará além.
O velho que te viu,
Disse-me que estavas
recostado junto ao mar,
cabisbaixo e a chorar.
Murmuravas baixinho
como que a contar
os teus infurtúnios
ao rebentar das ondas do mar.
As conchas ouviam-te
e, a areia molhada, chorava contigo
a dor sem igual, para a qual,
não encontravas abrigo,
onde te podesses esconder...
e deixar de sofrer
a mágoa de partir, para longe sumir.
Um saudosismo abalou-te,
mesmo antes de te despedires.
Todas as alegrias passadas,
Inúmeras tristezas choradas
deixavam saudades
embebidas no oceano dos teus olhos
negro como as rochas
onde o velho te viu,
Quieto, só, ao frio.
© Rita
Serviço criado e mantido por Aline Ponce. Visite o site Aline Ponce - gatos e letras.